Tire aqui suas dúvidas

1. Por que tenho que apresentar um documento de identificação com foto na hora de fazer meus exames?

Para um atendimento de qualidade, a identificação do cliente é fundamental. Além disso, a anvisa (agência nacional de vigilância sanitária) através da rdc 302, torna obrigatória a apresentação de documento oficial com foto.

2. Posso retirar meus exames sem protocolo?

Sim. Desde que apresente um documento oficial com foto para retirada.

3. Qualquer pessoa pode retirar o resultado dos meus exames?

Sim. Contudo, quem vai retirar deve apresentar um documento de identificação com foto e o protocolo devidamente preenchido e assinado pelo paciente, onde ele autoriza a pessoa a retirar os exames em seu nome.

4. Remédios interferem nos exames?

Alguns, sim. Os antibióticos e os anti-inflamatórios, por exemplo, interferem nos testes de coagulação do sangue, normalmente solicitados em pré-operatórios. Portanto, quaisquer que sejam os remédios que esteja tomando, avise o atendente no momento do cadastro. Caso um deles interfira, você terá que conversar com o seu médico sobre a possibilidade de suspendê-lo por alguns dias. Se a interrupção não for possível, esse dado terá que ser levado em conta na avaliação do resultado.

5. Pode fumar antes da realização dos exames?

De jeito nenhum, principalmente se forem testes de agregação plaquetária, glicemia ou curva glicêmica.

6. Posso fazer exame de sangue com gripe, resfriado ou febre?

Pode sim. Alguns exames, aliás, são solicitados exatamente porque a pessoa está com febre. Nesses a intenção é verificar se alguma infecção é a responsável. Porém, em algumas circunstâncias, a doença responsável pela febre pode interferir nos exames destinados a avaliar aspectos metabólicos e imunológicos. Por cautela consulte o seu médico.

7. Menstruação interfere nos exames?

Sim. Um exemplo é o exame de urina, o qual é aconselhável realizar fora do período menstrual. Mas, se for urgente, a urina pode ser colhida, adotando-se dois cuidados: assepsia na hora do exame e o uso de tampão vaginal, para o sangue menstrual não se misturar à urina.

8. É necessário fazer higiene íntima para a coleta de urina?

Sim. Muito importante realizar uma assepsia da região genital no momento da coleta de urina, pois o risco de contaminação é muito alto, e com isso há interferência no resultado.

9. Por que o esforço físico interfere no exame de glicemia?

A glicemia reflete a quantidade de açúcar no sangue que, por sua vez, é uma fonte de energia de rápido aproveitamento pelo organismo. Dessa forma, sempre que o organismo precisar de mais energia, por exemplo em esforço físico e stress, há alterações importantes nas velocidades de produção e consumo de açúcar. Na maioria das vezes em que se faz exames de dosagem da glicemia, procura-se saber como está o nível basal, pois o valor de referência diz respeito a esta situação. Portanto, a pessoa deve estar o mais próximo possível desta condição.

10. Bebida alcoólica altera os resultados dos exames?

Sim, especialmente o de triglicérides. Uma dose de uísque, uma cerveja ou um copo de vinho na véspera é suficiente para elevar os seus níveis, falseando os resultados. Por isso, o ideal é, antes do exame, ficar três dias sem ingerir qualquer bebida alcoólica.

11. Água “quebra” o jejum?

Não. Mas convém tomá-la com moderação. O excesso interfere nos exames de urina. Se seu exame envolve algum tipo de anestésico, você não poderá beber água.

12. Nos exames de sangue tem que estar sempre em jejum?

Nem todos. O hemograma, por exemplo, dispensa o jejum. Já glicemia e triglicérides exigem que você fique várias horas sem comer. O tempo de jejum varia de acordo com o exame.

13. Qualquer exame pode ser feito à tarde?

Alguns, não. É o caso das dosagens de cortisol, ferro e acth (hormônio adrenocorticotrófico). Esses exames devem ser realizados obrigatoriamente na parte da manhã. Motivo: é nessa parte do dia que tais substâncias têm um pico no organismo.

14. Para exame de urina é obrigatório a primeira da manhã?

Somente se o seu médico solicitar. Se isso não acontecer, a urina poderá ser colhida em qualquer horário do dia, mas com um cuidado antes do exame: de preferência, permanecer duas horas sem urinar. Dará o volume ideal para uma boa coleta. O ideal é que seja colhida em frasco apropriado, fornecido pelo laboratório.

15. Por que quando se tira sangue para exame, o local fica roxo?

Isto se chama hematoma: extravasamento de sangue para fora da veia. Ele pode ocorrer em determinadas situações, tais como: falta de boa compressão no local da punção; veias finas, delicadas, com muita pressão; e paciente usando algum medicamento que altera a coagulação do sangue, entre os quais a aspirina.

16. Posso saber do resultado dos meus exames por telefone?

Não. Por questões éticas, de segurança e sigilo ao cliente. Somente seu médico pode entrar em contato com nossa equipe para obter seus resultados. Lembramos que disponibilizamos os resultados impressos em nossas unidades ou através deste site.